fbpx

Movimentos culturais de juventude – projeto de história profª Lílian Jakeline

Durante o mês de novembro aconteceu o projeto Movimentos culturais de juventude elaborado pela professora de história, Lílian Jakeline, e direcionado aos alunos da 8ª série (9º ano).

O projeto teve a finalidade de motivar diversas habilidades e competências do aluno, como a compreensão textual, análise musical, desenvolvimento da oralidade, argumentação e organização através dos seminários temáticos e dos festivais culturais.

O projeto levou ao aluno refletir sobre a importância da cultura jovem no processo histórico, bem como mostrou as conquistas da juventude na busca constante por uma identidade e impressão de uma visão de mundo própria, traduzida na arte e no comportamento. Para isso, buscamos um caminho mais atraente, baseado na música, dança, teatro e em outras manifestações culturais, relembra Lílian.

Em quatro etapas (escrita, seminário, interpretação e festival), os alunos embarcaram no túnel do tempo, reconstruíram e interpretaram os anos JK (Juscelino Kubitschek) através da bossa nova.

Embalados no ritmo alucinante do rock reproduzimos a era dos festivais e protestamos com a música engajada, no “calhambeque” parado na contramão um beijo “splish spleash” da jovem guarda. Na antropofagia da “tropicália” chocamos com “é proibido proibir”, passeamos pelos embalos de sábado a noite dos anos 70. Na “geração coca-cola”, com o “coração de estudante” nos sentimos “inútil” frente aos “alagados” querendo “comida” no “Brasil”. Em busca de “ideologia”, tentamos entender “que país é esse” que viveu uma “metamorfose ambulante” e que “não soube me amar”, diz a professora.

Fonte: Profª Lílian Jakeline

Veja algumas fotos: